peoples.ru

Paratodos


O meu pai era paulista
Meu av, pernambucano
O meu bisav, mineiro
Meu tatarav, baiano
Meu maestro soberano
Foi Antonio Brasileiro

Foi Antonio Brasileiro
Quem soprou esta toada
Que cobri de redondilhas
Pra seguir minha jornada
E com a vista enevoada
Ver o inferno e maravilhas

Nessas tortuosas trilhas
A viola me redime
Creia, ilustre cavalheiro
Contra fel, molstia, crime
Use Dorival Caymmi
V de Jackson do Pandeiro

Vi cidades, vi dinheiro
Bandoleiros, vi hospcios
Moas feito passarinho
Avoando de edifcios
Fume Ari, cheire Vincius
Beba Nelson Cavaquinho

Para um corao mesquinho
Contra a solido agreste
Luiz Gonzaga tiro certo
Pixinguinha inconteste
Tome Noel, Cartola, Orestes
Caetano e Joo Gilberto

Viva Erasmo, Ben, Roberto
Gil e Hermeto, palmas para
Todos os instrumentistas
Salve Edu, Bituca, Nara
Gal, Bethania, Rita, Clara
Evo, jovens vista

O meu pai era paulista
Meu av, pernambucano
O meu bisav, mineiro
Meu tatarav, baiano
Vou na estrada h muitos anos
Sou um artista brasileiro

Paratodos /